Empresas

Windows Phone: como vender segurança corporativa para seus clientes e lucrar mais

Windows Phone: como vender segurança corporativa para seus clientes e lucrar mais

16/09/2013

Já divulgamos aqui no Café Partner que o Windows Phone já é o segundo sistema operacional móvel mais utilizado na América Latina. Dentre as opções existentes no mercado, a plataforma da Microsoft é a mais completa e integrada, tornando-se a opção mais indicada para empresas que precisam de mobilidade para trabalhar. Se analisarmos as estratégias e variáveis dos sistemas mais utilizados hoje, é fácil perceber porque o Windows Phone vem crescendo no meio corporativo.

 

compety-estrategiasconcorrentes

 

Além da estratégia, a segurança do sistema operacional é um dos maiores diferenciais frente aos concorrentes. Segundo uma pesquisa global da companhia de software de segurança F-Secure, o Android, plataforma móvel do Google, concentrou 79% das ameaças digitais criadas para mobile em 2012. O índice vem crescendo ao longo dos anos: em 2011, esse percentual era de 66% e, em 2010, 11%. O estudo, divulgado em agosto, identificou ainda 301 novas ameaças e variações voltadas exclusivamente aos smartphones e tablets durante o ano passado.

Além de ser o segundo sistema operacional mais utilizado na América Latina, o Windows Phone é a plataforma mais segura para empresas. Nele, usuários possuem acesso controlado a informações dos seus negócios, com suporte a aplicações corporativas, distribuição de software privada e aplicações para maior produtividade.

Para a manipulação de dados corporativos, a plataforma conta com segurança em camadas (SSL 3.0 com AES 128 e 256), atendendo às necessidades do usuário. Alguns recursos disponíveis são o API de proteção de dados, com cliente IRM integrado; app sandboxing para uma navegação segura; device lock, que utiliza a criptografia BitLocker; updates de origem única para o sistema, com correções de MSRC, segurança, rede, gráficos, drivers e plataforma de desenvolvimento; além de BOOT seguro UEFI, incluindo cadeia de segurança baseada em seguro, e TPM 2.0 para todos os telefones e hardware certificado.

Veja abaixo argumentos que você, parceiro, pode utilizar com seus clientes na hora de defender a compra do Windows Phone:

 

– Boot seguro e assinatura de código: as ferramentas garantem a integridade da plataforma e ajudam a prevenir contra malware. Com o boot seguro, apenas imagens validadas do sistema operacional podem ser executadas, garantindo a proteção de outros dados contidos dentro do dispositivo. Vale destacar que todas as aplicações e componentes de software do sistema móvel são assinadas.

– Criptografia do dispositivo: o armazenamento interno possui criptografia completa para proteger informações. Construída na tecnologia Windows BitLocker, a criptografia está disponível para todos os telefones e pode ser ativada via política pelo time de TI. O cartão SD não é criptografado, mas pode ser gerenciado. Além disso, não é necessária a experiência de usuário ou PIN de boot.

– Segurança da plataforma de aplicações: a plataforma de aplicações ajuda a proteger dados corporativos com um modelo de segurança de câmara que funciona para os serviços do sistema operacional, das aplicações pré-instaladas e das aplicações da loja do Windows Phone – que, aliás, são certificadas e verificadas contra malware.

– Atualizações “over the air”: as atualizações são detectadas e baixadas automaticamente durante o uso do telefone e, se forem pequenas, são baixadas sobre Wi-Fi ou celular. Por isso, não existe a preocupação de baixar arquivos errados ou com malware.

– Internet Explorer 10: a navegação é mais rápida com o HTML5, não possui plug-ins e tem proteção em tempo real anti-phishing com Filtro Smart Screen.

– Propriedade intelectual: o gerenciamento de direitos do usuário (IRM) ajuda a prevenir o vazamento de propriedade intelectual, protegendo e-mails e documentos dentro do telefone contra a distribuição não autorizada. Além disso, a implementação no Exchange Server e Sharepoint é muito fácil de ser realizada, otimizando a funcionalidade.

 

politicas-relatorios-segurancaWP

 

Vale destacar que parceiros Microsoft podem aumentar sua receita de duas formas com o Windows Phone:

1) Você vende uma solução móvel de Office 365/Sharepoint/Exchange/Lync e o Windows Phone vai junto com o pacote.

2) Você vende o celular junto com o aplicativo desenvolvido para a plataforma.

 

» Veja como gerar receita com apps para Windows Phone

» Entenda como gerar demanda de vendas para o Office 365

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *